Teste agora se seu site é compatível com dispositivos móveis

Apesar dessa noticia não ser mais nenhuma novidade e desde meados de 2015 já ter sido divulgado que o Google começaria a “esconder” os sites não compatíveis com smartphones e tablets, muitas empresas ainda não se atualizaram e estão perdendo negócios por não se adaptar a essa nova pratica.

Um site responsivo, ou seja, um site compatível com dispositivos móveis passou a ser um dos critérios para o site de busca mostrar seu site entre as primeiras posições ou até mesmo esconde-lo.

“Essa mudança afetará as pesquisas móveis em todas as línguas ao redor do mundo e irá ter significante impacto nos nossos resultados de busca”, informou o Google, no inicio de 2015.

 A empresa também já informou que a mudança do “algoritmo” vale apenas para pesquisas feitas em celulares e que a adoção do design responsivo é um entre muitos outros critérios para avaliar a relevância de uma página.

Mas é importante considerar que atualmente De acordo com o Valor Econômico e sua pesquisa TIC 2014, o acesso à internet via celular triplicou no Brasil nos últimos 3 anos. 

A Pesquisa TIC Kids On-line (O Globo), também mostrou que o telefone celular foi o principal meio de acesso à internet no Brasil entre usuários jovens.

Os números mostram que em 2013, 7,2 milhões de brasileiros entraram na internet somente por meio de tablets e celulares, 4,1% da população do país, utilizaram somente aparelhos como tablets e smartphones para se conectar (O Globo,Pnad).

Os “algoritmos” da ferramenta de busca do Google consideram critérios para privilegiar certas páginas e não outras, como relevância, disponibilidade e balanceamento entre o conteúdo buscado e o exibido pelo site (o Google é capaz de detectar se uma página exibe informações consistentes ou se apenas reproduz conteúdo para se sobressair).

Não só o design do site, mas também a performance de conexão site, ou seja se ele é leve o suficiente para carregar considerando as velocidades da internet móvel, será considerada no novo critério.

Sendo assim, não ter um site compatível com dispositivos móveis impacta nas seguintes situações:

  • Buscadores consideram seu site menos relevante, podendo fazer seu site perder posicionamento;
  • O fato dos potenciais clientes não conseguirem navegar em seu site aumenta a sua taxa de rejeição, outra métrica utilizada pelos buscadores para classificação de sites (posicionamento);
  • Os clientes criam uma experiência negativa com relação ao seu negocio devido aos problemas com a navegação.

Uma página estará qualificada para o rótulo “para mobile” se atender aos seguintes critérios detectados pelo Googlebot:

  • Evitar softwares que não sejam comuns em dispositivos móveis, como Flash;
  • Usar textos que sejam legíveis sem aumentar o zoom;
  • Dimensionar o conteúdo no tamanho da tela para que os usuários não precisem rolar horizontalmente nem aplicar zoom;
  • Posicionar os links afastados o suficiente para que se possa tocá-los com facilidade;

Mobile não é mais uma tendência. É uma realidade.

Não perca negócios!

Entre no link https://www.google.com/webmasters/tools/mobile-friendly/ e verifique se o seu site é compatível com dispositivos móveis.

SAIBA MAIS
Não perca clientes, conheça nosso serviço de desenvolvimento de sites!
SAIBA MAIS
2019-01-29T16:14:08+00:00By |#Dicas, #Google, #Internet|

About the Author:

Formada em administração, entusiasta na área de marketing digital e empreendedorismo .